QUINTA DOS ROQUES

A produção de vinhos na Quinta dos Roques resulta da vontade de manter uma tradição enraizada na família e ao mesmo tempo  dar-lhe um carácter profissional e de qualidade. Na Quinta dos Roques só faz sentido produzir vinhos se eles reflectirem na sua essência a nossa cultura, tradições, castas, clima, solos e rios, aquilo a que os franceses chamam de “terroir”. Claro que há sempre espaço para inovar dentro da tradição e melhorar saberes acumulados ao longo dos séculos, daí na Quinta dos Roques desde o início terem-se feito experiências  com novos tipos e estilos de vinhos na região – espumantes, licorosos e os tão, agora, famosos varietais – de que esta Quinta se orgulha de ter sido pioneira na região do Dão.